Receita da indústria de telecom deve cair 9% este ano


O faturamento da indústria de telecomunicações deve ter uma queda de 9% neste ano, com vendas estimadas em R$ 19,6 bilhões, na comparação com os R$ 21,5 bilhões de receita em 2008. A estimativa foi apresentada hoje pela Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica), que estima para o setor eletroeletrônico crescimento de 4%, …

O faturamento da indústria de telecomunicações deve ter uma queda de 9% neste ano, com vendas estimadas em R$ 19,6 bilhões, na comparação com os R$ 21,5 bilhões de receita em 2008. A estimativa foi apresentada hoje pela Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica), que estima para o setor eletroeletrônico crescimento de 4%, com PIB de 1,5% (em dezembro a previsão era de um crescimento no setor de 7%, para uma estimativa de PIB de 3%). Assim, as previsões são de um faturamento no setor eletroeletrônico neste ano de R$ 128,5 bilhões (em dólares, as receitas caem para 54,2 bilhões, apresentando queda de 19% em comparação aos US$ 67 bilhões de 2008).

Nos três primeiros trimestres de 2008, o desempenho da indústria de telecom foi acima de 30%, mas caiu para 8% no quarto trimestre, já refletindo a crise econômica mundial. “A redução em infraestrutura e aparelhos celulares já foi observada no terceiro trimestre, mas se acentuou no quarto tri, com queda de 12%”, explicou o vice-presidente da Abinee, Paulo Castelo Branco. Ele esclareceu, no entanto, que no quatro trimestre de 2007 a indústria de telecom teve um crescimento muito forte e que esse dado precisa ser levado em consideração na comparação com os números de igual período em 2008.

Na avaliação de Castelo Branco, a queda de 9% em 2009 será puxada mais pela diminuição na produção de aparelhos celulares. “Na área de infraestrutura, tanto fixa quanto móvel, os negócios estão mais acelerados e devem se manter com aumento da capacidade de tráfego de dados”, comentou Castelo Branco. A estimativa é de que infraestrutura tenha crescimento de 6% neste ano e aparelhos celulares uma redução de 29%, o que resultará na queda de 9% do faturamento da indústria de telecom.

Exportações

Em 2008, a indústria de celulares no país produziu 73 milhões de unidades e, desse volume, exportou 25 milhões de unidades. Para este ano, a previsão da Abinee é de que a produção de celulares caia para 52 milhões de unidades, sendo 19 milhões para exportação.

Anterior Espanha obriga operadora a alugar sua rede em prédios antigos
Próximos Anixter e Transition firmam parceria