Receita da Dell fica estável no 2º tri, em US$ 15,66 bi


As vendas da fabricante de computadores americana Dell estagnaram no segundo trimestre, registrando crescimento de apenas 1% em relação ao mesmo período de 2010, para US$ 15,66 bilhões. Analistas do mercado esperavam uma receita de US$ 15,75 bilhões, segundo a agência de notícias Reuters.

De acordo com o jornal The New York Times, a companhia, segunda maior fabricante de computadores pessoais depois da HP, teve um sucesso apenas modesto em expandir suas operações para outras áreas, tendo registrado uma alta de 9% nas vendas de servidores e equipamentos de rede, para US$ 2,1 bilhões. Já sua receita de serviços avançou 6% para US$ 2 bilhões.

Suas vendas para consumidor final, que representa 20% da receita da Dell, foram de US$ 2,9 bilhões, alta de 1% ante o segundo trimestre de 2010, mesmo crescimento modesto registrado entre grandes clientes corporativos, para US$ 4,6 bilhões. Segundo o jornal americano, o dado gera temor entre analistas sobre a queda dos gastos corporativos com equipamentos de computação.

O lucro líquido da empresa, por sua vez, cresceu 63% para US$890 milhões, e a Dell elevou sua previsão de crescimento do lucro operacional para o ano de entre 12% e 18% para entre 17% e 23%. Para a receita, no entanto, a companhia foi menos otimista, rebaixando sua previsão de um crescimento de entre 5% e 9% para entre 1% e 5%. A expectativa da empresa para a receita do terceiro trimestre também caiu para uma variação quase estagnada. (Da redação)

Anterior Epson lança nova linha de scanners para cliente corporativo
Próximos Celulares vão investir R$ 10 bi este ano para ampliar cobertura