Receita da Alcatel-Lucent cresce 5% no trimestre


A Alcatel-Lucent registrou um aumento nas receitas de 5% no terceiro trimestre deste ano, obtendo € 3,43 bilhões. O lucro bruto cresceu quase 7%, passando a € 1,182 bilhão, embora a companhia tenha registrado prejuízo líquido de € 206 milhões – ante € 18 milhões um ano antes – devido à uma reavaliação de ativos da unidade de cabos submarinos.

A companhia destacou que já gerou, no ano, 90% da meta de redução de custos estipulada no Shift Plan, o plano de geração de caixa iniciado em 2013, equivalentes a € 872 milhões. O fluxo de caixa operacional melhorou para € 83 milhões, ante resultado negativo no mesmo período de 2014.

A empresa, adquirida pela Nokia, apresentou crescimento de 11% nas vendas em core de rede, segmento formado por roteamento IP (+9%), transporte IP (+6%) e plataformas IP (+25%). A divisão de Core Networking teve receita de €1,6 bilhão. A divisão de acesso faturou € 1,8 bilhão, se mostrando estável em relação a um ano antes. Houve aumento nas vendas de acessos móveis (1%) e de acessos fixos (6%), mas queda em serviços gerenciados (33%) e em licenciamento (9%).

A companhia destacou, em apresentação a analistas, a melhora dos números operacionais, com crescimento contínuo de receita em redes de próxima geração (5G), margem bruta e operacional e fluxo de caixa livre desde 2013. A receita com redes de próxima geração cresceu 18% ao ano, de forma composta, desde 2012. A margem bruta passou de 31,3% em 2013 para 34,7% no último trimestre. A margem operacional ajustada passou de 2% para 5,5%. Enquanto o fluxo de caixa livre passou de – € 657 milhões para – € 96 milhões.

Anterior Sinergias entre Nokia e Alcatel-Lucent serão de € 900 milhões em 2018
Próximos Operadoras contratam um terço dos profissionais da "economia digital", aponta pesquisa