Radioamador pode obter certificado via internet


Durante a pandemia do novo coronavírus, os usuários do serviço de radioamador poderão realizar testes de comprovação de capacidade operacional e técnica via Internet. O procedimento publicado nesta quinta-feira, 4, pela Anatel, é aplicável às provas de Radioamador de classe C e A (não se aplica a classe B) enquanto durar a situação de emergência de saúde pública.

Para fazer a prova, o radioamador deverá cumprir 13 requisitos, entre eles ter um computador desktop ou notebook com o navegador Internet Explorer, com o modo de compatibilidade ativado. O acesso ao Sistema de Emissão de Certificados (SEC) já deve ter sido previamente realizado, com usuário, senha e demais configurações já efetuadas. Ter conexão de internet de boa qualidade, estável o suficiente para não interromper a videochamada durante a aplicação da prova e ter um e-mail funcional e válido, ao qual o candidato possua acesso e que possa receber as mensagens de correio eletrônico provenientes da Anatel por ele.

É exigido também que o radioamador possua microfone, alto-falantes e câmera conectados ou integrados ao computador funcionando corretamente, já testados, e com seus níveis de reprodução e gravação previamente ajustados antes da hora da prova. Não é permitido o uso de fones de cabeça ou de ouvido.

PUBLICIDADE

Após o encerramento, o resultado estará disponível nos sistemas SEC da Anatel. O resultado estará sujeito a revisão posterior à aplicação da prova, podendo ser alterado a critério do avaliador, mediante justificativa a ser registrada no sistema. Sendo confirmada a aprovação, é facultado ao candidato solicitar o Certificado de Operador de Estação de Radioamador (COER) imediatamente após a revisão do avaliador, sendo respeitados os demais prazos constantes do regulamento.

Anterior Vivo ativa rede de fibra óptica em mais nove cidades
Próximos Claro tem melhor download, e TIM, a latência mais baixa no celular, avalia consultoria