Rádio digital: mais uma emissora testa o padrão norte-americano


A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) concedeu mais uma autorização para execução de Serviço Especial para Fins Científicos ou Experimentais visando a realização de testes do sistema de radiodifusão sonora digital. A autorização foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de ontem, 14, por meio do Ato nº 55.990 e concedida ao Sistema Atual …

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) concedeu mais uma autorização para execução de Serviço Especial para Fins Científicos ou Experimentais visando a realização de testes do sistema de radiodifusão sonora digital. A autorização foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de ontem, 14, por meio do Ato nº 55.990 e concedida ao Sistema Atual de Radiodifusão Ltda., concessionária do serviço de radiodifusão sonora em onda média em Itapevi (SP).
Assim como as autorizações anteriores, a emissora realizará testes do sistema de radiodifusão sonora digital IBOC (In-Band On-Channel) – um dos dois sistemas aprovados pela União Internacional de Telecomunicações (UIT) e que utiliza a mesma freqüência do sistema analógico -, com o objetivo de avaliar o desempenho do sistema de rádio digital em Onda Média (OM), considerando aspectos como qualidade do áudio, área de cobertura e robustez com relação a ruídos, interferências e efeitos dos múltiplos percursos.

 Também será avaliada a compatibilidade do sinal digital com os sinais analógicos existentes, por meio do impacto do sinal digital na recepção do sinal analógico transmitido simultaneamente; do impacto do sinal digital na recepção de sinais analógicos no mesmo canal e em canais adjacentes; e da compatibilidade da área de cobertura. Os testes servirão de subsídios para avaliação de qual sistema se aplica mais adeqüadamente às características de cada localidade, como edificações e topografia.

 O Sistema Atual de Radiodifusão Ltda. deverá apresentar no prazo de 30 dias, contado da publicação do ato, relatório inicial constando, no mínimo, as características que serão utilizadas na transmissão digital e a descrição dos testes. No final dos experimentos, a emissora apresentará outro relatório acompanhado de laudo conclusivo e considerações finais abrangendo todas as atividades desenvolvidas.

 O preço público pelo direito de exploração do serviço é de R$ 1.200,00, e as autorizações são válidas por um ano. Somada às anteriores, já são sete as rádios autorizadas a realizar testes do sistema de radiodifusão sonora digital: Rádio Itapema FM e Rádio Gaúcha, em Porto Alegre (RS); Rádio Excelsior, Rádio Sompur São Paulo Radiodifusão e a Rádio e Televisão Bandeirantes em São Paulo (SP); e Rádio Tiradentes, em Belo Horizonte (MG).
(assessoria de imprensa Anatel)

Anterior Symbian em 60 milhões de celulares
Próximos Base celular atinge 87,47 milhões de usuários em janeiro