Quase 200 mil brasileiros têm tablets


Uma pesquisa realizada em nove mercados brasileiros pela Ipsos, multinacional francesa de pesquisa, revela que o número de pessoas que possuem tablets já chega a 196 mil – sendo 79 mil deles considerados “super users” de tecnologia, possuindo também notebook e smartphone. A maior parte dos usuários de tablets é composta por homens jovens, entre 18 e 24 anos, da classe A.

Do público pesquisado, 72% possui ensino superior. O levantamento foi realizado durante o 1º semestre de 2011, com pessoas de ambos os sexos e todas as classes, a partir de 13 anos. Entre os mercados pesquisados, São Paulo é o que tem a maior participação entre os que possuem tablets (66%), seguido pelo Rio de Janeiro (18%). Os outros mercados pesquisados (Salvador, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre e Recife) somam, juntos, 16% da distribuição, sem diferenças gritantes entre eles.

Sobre a influência dos meios de comunicação na decisão de compra, para o usuário que possui tablet, a internet é o meio que mais influencia (66%), seguida do boca a boca (41%). A situação se repete com o “super user”: 72% considera a internet o meio mais influenciador e 50% confiam no boca a boca na hora de comprar.

Em outra pesquisa, Ipsos ainda analisou o comportamento da população (a partir de 13 anos) que pretende adquirir tablets. As frases assinaladas apontam que se trata de um público fiel (“raramente mudo de marca”), que utiliza marcas de referência e grifes (“costumo usar produtos/marcas que minha mãe usava” e “gosto de comprar roupa de marca”) e influenciador (“as pessoas me pedem conselhos antes de comprar”). ( Agências de notícias).

Anterior TV por assinatura atinge 11,6 milhões de usuários em agosto
Próximos MiniCom lança aviso de habilitação para rádios comunitárias em SC