Qualcomm e Ericsson realizam conexão de dados em 5G autônomo


A Qualcomm e a Ericsson comemoraram ontem, 12, a realização de uma conexão de dados em 5G, respeitando todas as especificações globais da 3GPP para o padrão New Radio Relase 15 em modo autônomo (SA). Na prática, a sopa de letrinhas significa que as empresas conseguiram estabelecer uma conexão de dados usando uma rede móvel que é de quinta geração de ponta a ponta, sem elementos LTE. A conexão foi feita em laboratório, na cidade de San Diego, nos Estados Unidos.

Foram usados estações radiobase Ericsson Radio System, software NR e solução cloud core da Ericsson. O smartphone que fez a conexão de dados tinha um modem X55 5G Modem-RF System, desenvolvido pela Qualcomm.

Com o sucesso da empreitada, a Ericsson espera começar a implantar redes 5G autônomas para funcionamento comercial já a partir de 2020. As empresas usaram equipamentos que já produzem e usam em redes não-autônomas (aquelas com partes LTE). E recorreram à banda n41 (2,5 GHz), que no Brasil é usada no 4G.

A versão autônoma da 5G, que independe de elementos de rede 4G, traz todas as potencialidades técnicas da tecnologia e deve abrir a possibilidade de novos modelos de negócio para as operadoras baseados em internet das coisas. Redes autônomas terão, por exemplo, função de fatiamento de rede, para que novos serviços com garantia de disponibilidade de velocidade sejam oferecidos. Situações que serão importantes para carros conectados ou internet das coisas industrial. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Cobrança indevida por teles só prescreve após dez anos, diz STJ
Próximos Relatório da GSMA aponta que preço do espectro é mais alto em países menos desenvolvidos

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *