Quadros quer saber do impacto econômico da alienação de bens reversíveis


O Conselho Diretor da Anatel adiou, nesta quinta-feira (26), decisões sobre alienação e desvinculação de bens reversíveis de duas concessionárias, Oi e Sercomtel. O presidente da agência, Juarez Quadros, solicitou que a Superintendência de Competição elabore um estudo sobre o potencial impacto econômico da alienação de imóveis para as concessões, antes de opinar sobre os processos.

Segundo Quadros, essa questão de bens reversíveis é muito polêmica e controversa e requer cuidado na apreciação dos pedidos pela agência. Além do impacto das alienações, o presidente também reivindica estudo semelhante com relação a reajustes tarifários.

O prazo para conclusão do estudo é de 90 dias. A sugestão foi aprovada por unanimidade na reunião do colegiado.

Anterior Lucro da Amazon no trimestre supera expectativas
Próximos Desempenho da Nokia cai no trimestre