“O brasileiro abraça o software aberto”


 

Londres -Um dos maiores consumidores de horas nas redes sociais da internet; promotor de um dos maiores eventos de software livre do mundo; seguidor entusiasmado das novidades tecnológicas. Estas são algumas das razões para que a Telefónica Digital e o Mozila tenham escolhido o mercado brasileiro para ser o primeiro a receber o novo telefone de baixo custo com o novo sistema operacional baseado no HTML5, previsto para chegar ao mercado em 2013.

 

Segundo Carlos Domingo, CEO para a área de pesquisa e desenvolvimento da Telefónica (Telefónica Investigación y Desarrollo), o novo celular, que será comercializado pela Vivo a partir do primeiro trimestre do próximo ano, já conta com o apoio de pelo menos outras seis operadoras de telecomunicações, além da operadora espanhola, que anunciou a parceria com o criador do Firefox em fevereiro deste ano.

 

Domingo salienta que, assim como o Google, que é uma empresa de internet e criou o sistema operacional Android, o Mozila também é uma empresa de internet que está criando um novo sistema operacional aberto. “O software aberto traz  mais inovação”, justificou o executivo para explicar o engajamento da Telefónica neste projeto.

A jornalista viajou a convite da Telefônica

 

 

  

Anterior Wayra vai financiar 15 empresas brasileiras por ano com recursos da Telefónica Digital
Próximos Anatel já autorizou 52 adaptações de outorgas ao SeAC