“Computadores para Inclusão” chega a Niterói e Belo Horizonte


Niterói e Belo Horizonte serão as próximas cidades beneficiadas pelo Projeto Computadores para Inclusão (Projeto CI) do Governo Federal. Atualmente já estão em funcionamento Centros de Recondicionamento de Computadores (CRCs) em Porto Alegre, Guarulhos (SP) e no Gama (DF). A iniciativa é coordenada pela Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento. …

Niterói e Belo Horizonte serão as próximas cidades beneficiadas pelo Projeto Computadores para Inclusão (Projeto CI) do Governo Federal. Atualmente já estão em funcionamento Centros de Recondicionamento de Computadores (CRCs) em Porto Alegre, Guarulhos (SP) e no Gama (DF). A iniciativa é coordenada pela Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento.

Os convênios para a implantação desses dois novos Centros de Recondicionamento de Computadores em 2008 foram firmados pelo Ministério do Planejamento com o Proderj (Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio de Janeiro) e com a Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte (Prodabel).

Para isso, o Governo Federal repassou R$ 400 mil ao Proderj e R$ 460 mil à Prodabel que terão parceiros locais para o desenvolvimento das atividades. As unidades deverão entrar em funcionamento ainda este ano. Já foram doados 3.317 CPUs, 3.234 monitores e 201 impressoras a 81 escolas e a 169 telecentros, bibliotecas e outros projetos de inclusão digital do país desde a implantação do primeiro CRC em Porto Alegre, no ano de 2006. (Da Redação, com assessoria de imprensa, Ministério do Planjamento)

Anterior Embratel inicia operação de WiMAX em 12 capitais neste mês
Próximos Tonisi assume vice-presidência da RFS