Pulso/minuto:só 2% dos usuários optaram pelo plano alternativo.


Balanço preliminar produzido pela Anatel sobre a implantação do novo sistema de tarifação na telefonia fixa local demonstra que 30% dos usuários dos novos planos (Plano Básico e Plano Alternativo de Serviço de Oferta Obrigatório – Pasoo) já receberam pelo menos uma fatura emitida em minutos. Segundo os dados avaliados pela agência, não houve variação …

Balanço preliminar produzido pela Anatel sobre a implantação do novo sistema de tarifação na telefonia fixa local demonstra que 30% dos usuários dos novos planos (Plano Básico e Plano Alternativo de Serviço de Oferta Obrigatório – Pasoo) já receberam pelo menos uma fatura emitida em minutos. Segundo os dados avaliados pela agência, não houve variação no número de reclamações feitas nas centrais de atendimento do órgão regulador e das concessionárias em função da mudança, o que pode ser considerado um primeiro indício de satisfação do consumidor com o novo método de tarifação.

De acordo com a nota da agência, dos 35,3 milhões de terminais fixos das concessionárias em serviço no Brasil, 8,8 milhões (cerca de 25%) já contavam com outros planos alternativos tarifados em minutos. Dos 26,5 milhões (cerca de 75%) restantes, que pertencem ao Plano Básico, em torno de 800 mil (cerca de 3%) estão em 2.825 municípios em que o novo sistema ainda não foi implantado, por opção das prestadoras (Brasil Telecom e Oi). Por força da regulamentação, essas  localidades não pagarão pelas ligações locais para telefones fixos até que as empresas implementem a tarifação por minuto.

A agência informou que os  2.737 municípios (49%) onde já foi feita a conversão está presente 80% da população brasileira e 97% dos assinantes. Até o momento, aproximadamente 2% dos usuários optaram por migrar para o Pasoo; outros 2% solicitaram detalhamento da fatura, e menos de 1% dos assinantes solicitaram o comparativo individualizado entre o Plano Básico e o Pasoo.

A implementação do novo sistema se iniciou em março deste ano no estado do Espírito Santo e em alguns municípios paulistas e foi concluída nas demais localidades em 31 de julho. O relatório final estará pronto no último trimestre deste ano, após o faturamento de todas as chamadas tarifadas em minutos pelas prestadoras. (Da Redação)

Anterior Net acata decisão da Anatel e vai pagar para os ex-clientes da Vivax
Próximos Anatel não editará regulamentação para TV Digital antes de 2008.