Publicidade online, o negócio bem sucedido da EverMedia.


Era uma vez a EverSystems, empresa de capital nacional cuja trajetória começou com o desenvolvimento de aplicativos para o sistema financeiro, segmento onde o que era uma empresa virou grupo, cresceu e se multiplicou. Hoje, além da empresa-mãe, estão no mercado as unidades de negócios EverMedia, EverMobile e Organox. No começo, a Media não passava …

Era uma vez a EverSystems, empresa de capital nacional cuja trajetória começou com o desenvolvimento de aplicativos para o sistema financeiro, segmento onde o que era uma empresa virou grupo, cresceu e se multiplicou. Hoje, além da empresa-mãe, estão no mercado as unidades de negócios EverMedia, EverMobile e Organox.

No começo, a Media não passava de um departamento criado para cuidar do visual dos software financeiros. Eram os idos de 1998, início da internet comercial no Brasil, lembra Heloísa Ticianelli, gerente de marketing de novos negócios da EverMedia.

Lá por 2003-2004, conta ela, surgiram oportunidades de expansão fora da área financeira, e lá se foi a Media, levando na bagagem seu conhecimento da mídia internet. Canal no qual se especializou para prover serviços de marketing online (interativo ou não) e mobile. Integram o currículo da empresa clientes como a ICI Paints (Tintas Coral), Aurora Alimentos, BIC Brasil (isqueiros), Carmin (confecções), ChilliBeans (ótica), Unibanco e NET Serviços.

Web, um bom canal.

“A internet é vista com bons olhos pelas grandes empresas”, observa Heloísa. Isso, apesar de a participação da publicidade online ainda ser uma fração do bolo total: 1,86% em 2006, o equivalente a cerca de R$ 300 milhões. Mas a gerente da EverMedia informa que os seus clientes estão dobrando seus orçamentos para publicidade online em 2007. Afinal, argumenta ela, a web é um canal mais barato, com menor dispersão e, como tal, possibilita maior foco no público alvo.

Citando dados de empresas especializadas, Heloísa diz que a mídia internet cresce 20% ao ano, uma expansão proporcionalmente maior do que a das mídias convencionais. A EverMedia não informa seus números, e, segundo Heloísa, o crescimento projetado para 2006 foi de mais de 50%, em relação ao ano anterior e, para 2007, a estimativa é crescer outros 60%.

“Em 2006, tínhamos 15 clientes ativos em carteira, oito dos quais conquistados ao longo do ano”, afirma ela. Para a BIC, por exemplo, durante a copa, a EverMedia criou campanha com diferentes elementos: hotsite interativo, outdoors e mobile marketing via SMS. No caso das mensagens, fez parceria com vários brokers (que se encarregam de negociar com as operadoras), entre os quais o Yavox e o Okto.

Anterior Telemar convoca assembléia para aprovar emissão de R$ 200 milhões em debêntures
Próximos Apple muda de nome e lança o iPhone