Publicidade chega ao celular com código de barras


Os anúncios da campanha de Natal da Claro irão contar com a interatividade do cliente, que poderá usar o aparelho celular para “ler” o código de barras presente no material publicitário e, assim, ter acesso à música da peça publicitária. Segundo a empresa, esta será a primeira vez que uma operadora utiliza o QR Code …

Os anúncios da campanha de Natal da Claro irão contar com a interatividade do cliente, que poderá usar o aparelho celular para “ler” o código de barras presente no material publicitário e, assim, ter acesso à música da peça publicitária. Segundo a empresa, esta será a primeira vez que uma operadora utiliza o QR Code (Quick Response Code) — espécie de código de barras bidimensional que pode armazenar endereços de websites, imagens ou códigos numéricos, entre outros – em uma ação oficial de marketing de grande extensão. “Essa é uma tendência que a gente vê lá fora, muito comum na comunicação de varejo na Europa e na Ásia”, comenta João Victor Martins, gerente de conteúdos de VAS (Serviços de Valor Agregado) da Claro.

A leitura do código é feita pelo celular por meio de um leitor específico e da câmera do aparelho. Para ter aceso à leitura do código, é preciso que o cliente da operadora baixe o leitor QR Code no celular, pelo portal da Claro, desde que seu equipamento seja compatível – de acordo com a empresa, mais de 40 modelos suportam o serviço. Após a instalação, ao encontrar o código no anúncio, ele deve abrir o leitor e apontar a câmera do aparelho para o QR Code para, então, receber um link, a partir de onde baixará, de graça, a música da campanha. Quem não for cliente e seguir esses passos será direcionado a um site wap com informações sobre as promoções especiais da operadora para o Natal.

Além de promover a interatividade com seus clientes, a operadora pretende que a ação, veiculada desde sábado nos principais jornais e revistas do país, possa resultar em  negócios de mobile marketing com novos parceiros. “Queremos mostrar para o mercado que a ferramenta funciona”, diz Martins.

Anterior Motorola lança edição especial com marca Ferrari
Próximos TIM sorteia carro para incrementar receita de VAS