PT SGPS, sócia da Oi, muda de nome para PHarol


A Portugal Telecom (PT) SGPS, proprietária de 27,5% da Oi, iniciou sua reestruturação com uma mudança de nome  para PHarol e a aprovação do novo órgão de direção.  A PT SGPS tem como único ativo a participação na Oi (resultante da frustrada fusão com a PT) e um passivo de quase 900 milhões procedente de um investimento fracassado na Rioforte, uma empresa do falido Banco Espírito Santo-BES.

A Portugal Telecom SGPS ainda é cotada no principal índice da Bolsa de Lisboa, o PSI-20. A empresa, cujos principais acionistas são o Novo Banco (antigo BES) e o grupo luso RS Holding, aprovou no início do ano a venda da parte operacional da Portugal Telecom à francesa Altice em troca de 7,4 bilhões de euros, operação promovida pela Oi, para reduzir sua dívida.

Desde maio do 2014, as operações da PT em Portugal, que conta com as operadores de cabo Urino e Sapo, entre outras, já eram controladas pela Oi pelo acordo entre a empresa brasileira e a PT SGPS. ( com agências internacionais). 

Anterior Recurso do CPqD atrasou aprovação do plano do Funttel para 2015, diz Minicom.
Próximos Mediobanca deve vender ações da Telecom Italia este mês