PT SGPS estuda venda de ações da Oi e recompra parcial da PT Portugal, diz site


A PT SGPS estaria disposta a se desfazer de ações da Oi para recomprar uma participação de 20% na PT Portugal. A PT SGPS detêm 25,6% da Oi. Os papéis da PT Portugal seriam recomprados da Altice, após conclusão do negócio realizado com a Oi. A Altice já manifestou vontade de vender parcela das ações da operadora PT Portugal, sem abrir mão do controle da empresa. As informações foram veiculadas pelo site português Expresso Diário.

O conselho diretor da PT SGPS se reúne entre terça e quarta-feira desta semana para debater o tema e aprovar um memorando a ser divulgado ao mercado, detalhando a proposta. Com a recompra, a PT SGPS quer pleitear o direito de nomear na diretoria da operadora portuguesa ao menos dois executivos, número proporcional à posse dos 20% das ações. Este cenário só se efetivaria caso a venda da PT Portugal à Altice seja concluída.

Já o site Observador ressalta que o conselho da PT SGPS pretende aprovar o memorando até quarta-feira. A intenção seria publicá-lo juntamente com pareceres jurídicos, exigidos pela Comissão de Valores Mobiliários de Portugal, que atestam que venda da PT Portugal representam descumprimento do acordo de fusão entre PT e Oi. Ainda assim, o conselho da PT SGPS preferiria concluir a venda e recomprar a participação na operadora, a enfrentar uma disputa judicial com a companhia brasileira.

O mesmo site afirma também, que ainda nesta semana, a PT SGPS deve divulgar ao mercado os resultados da auditoria interna, realizada pela PriceWaterHouseCoopers, sobre os investimentos feitos na empresa Rio Forte, do Grupo Espírito Santo. Os investimentos resultaram em calote e levaram à assinatura de um memorando alterando as condições de fusão entre a Oi e a PT SGPS em meados de 2014.

 

Anterior Cerasoli retoma consultoria setorial
Próximos Ministério Público de Portugal faz buscas na PT SGPS