Projeto sobre direito de resposta chega à Câmara


O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), enviou para a Câmara dos Deputados o PLS 141/2011, que estabelece o direito de resposta gratuito e proporcional ao agravo nos meios de comunicação. O projeto considera objeto de resposta qualquer matéria na qual o conteúdo, mesmo que por equívoco, atente contra a honra, a intimidade, a reputação, o conceito, o nome, a marca ou a imagem de pessoa física ou jurídica identificada ou passível de identificação.

Pelo projeto, de autoria do senador Roberto Requião (PMDB-PR), a pessoa ofendida pode entrar com ação de reparação por dano moral, ainda que a retratação ou retificação se dê de forma espontânea, com o mesmo destaque, publicidade, periodicidade e dimensão do agravo. Pelo texto, não são objeto do direito os comentários feitos por usuários de internet nas páginas eletrônicas dos veículos de comunicação social.(Da redação, com Agência Senado)

Anterior Deputado quer diferentes modelos de rádio digital no Brasil
Próximos Mercado especula sobre associação entre NSN e Alcatel-Lucent