Produção do Galaxy Note 7 estaria suspensa


GalaxyNote7_samsungA Samsung teria suspendido a produção do smartphone Galaxy Note 7, seu modelo de celular mais sofisticado, nas fábricas asiáticas. O motivo: aparelhos substituídos após o recall feito pela empresa, nas últimas semanas, superaquecerem e pegaram fogo. O recall foi realizado para trocar a bateria defeituosa de 2,5 milhões de celulares, o que aparentemente não foi suficiente para sanar o problema.

Na última semana, um Note 7 entrou em combustão dentro de um avião nos EUA. O telefone já tinha sido trocado pelo dono, dentro do programa de recall. O acontecimento levou as principais operadoras norte-americanas (Verizon, AT&T e T-Mobile) a suspender a comercialização do smartphone.

Em nota, a Samsung, não confirma, nem nega, a suspensão da linha. Diz apenas que está “ajustando o cronograma da produção temporariamente para garantir a adoção de medidas de qualidade e segurança”. A estimativa é que o recall já tenha custado à empresa US$ 2 bilhões. (Com agências internacionais)

Anterior "Navarro será presidente de longo prazo da Vivo", afirma CFO a analistas
Próximos Quase 6 milhões de crianças não têm acesso à web no Brasil

1 Comment

  1. Vagner Ornelas
    10 de outubro de 2016

    Os fabricantes deveriam testar os produtos exaustivamente em condições reais de uso, antes de sair lançando novos modelos. Testar só em laboratório não representa a realidade. Já pensou de um aparelhos desses pega fogo dentro da mala no bagageiro de um avião ?