Produção de equipamentos de informática e eletrônicos despenca 12,9% em maio


A produção de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos despencou 12,9% em maio na comparação com abril, de acordo com pesquisa do IBGE, divulgada nesta quarta-feira (4). A greve dos caminhoneiros, que impactou o processo de fabricação de vários produto,s foi considerada o principal fator para essa queda significativa.

Com isso, a produção industrial nacional recuou 10,9% frente a abril, queda mais acentuada desde dezembro de 2008 (-11,2%). Com o resultado, o patamar de produção retornou a nível próximo ao de dezembro de 2003, ficando, dessa forma, 23,8% abaixo do ponto recorde alcançado em maio de 2011.

Segundo o IBGE, a fabricação de produtos de informática, eletrônicos e ópticos caiu 0,1% na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Porém, o crescimento da produção de televisores estimulado pela Copa do Mundo, que segurou a alta do segmento, ainda se reflete nos índices do acumulado do ano, que ficou em 21,4% e de 20,1% nos últimos 12 meses.

Já a indústria como um todo, em relação a maio de 2017, recuou 6,6%, queda mais intensa desde outubro de 2016 (-7,3%), e interrompeu doze meses consecutivos de taxas positivas. O setor industrial acumulou expansão de 2% nos cinco primeiros meses de 2018, ritmo abaixo do resultado registrado até abril último (4,5%). O índice acumulado dos últimos doze meses, passou de 3,9% em abril para 3% em maio de 2018.

 

Anterior Entidades acreditam em aprovação do PLC 53 antes do recesso
Próximos Na América Latina, 4G terá mais assinantes que o 3G em 2019