Produção de eletroeletrônicos recua 4,8% em agosto


A produção industrial do setor eletroeletrônico caiu 4,8% no mês de agosto em relação ao mesmo período do ano passado. O desempenho foi influenciado pela retração de 7,7% na área eletrônica e de 2% na área elétrica. É o que mostram os dados divulgados pelo IBGE e agregados pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee).

Segundo a entidade, na área eletrônica, o desempenho negativo foi resultado, principalmente, da retração da produção de aparelhos de áudio e vídeo nos últimos meses, na qual estão classificados os televisores, itens que vinham contribuindo com o aumento da produção desde o ano passado, em virtude da Copa do Mundo. Passado este evento, entretanto, a produção de televisores diminuiu significativamente. Na área elétrica, o principal motivo para a retração foi a queda de 19,9% na produção de lâmpadas, diz a Abinee.

Apesar do resultado negativo em agosto, no acumulado dos oito primeiros meses de 2018, a produção industrial do setor eletroeletrônico aumentou 4,3% em relação ao mesmo período do ano anterior. Esse crescimento contou com a ampliação de 10,2% na produção de bens eletrônicos, uma vez que a área elétrica recuou 0,8%, informa a associação.(Com assessoria de imprensa)

Anterior Google troca chefe de publicidade
Próximos Anatel recupera R$ 1,1 bi de crédito do Fistel da Telefônica