Procons fazem balanço do mutirão pulso/minuto


O diretor do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), Ricardo Morishita, apresentou hoje balanço parcial do “Mutirão da Telefonia”, que acontece durante o dia de hoje, em todos os Procons do país. A ação tem como meta esclarecer aos consumidores sobre a mudança de pulso para minutos na cobrança das contas telefônicas.   …

O diretor do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), Ricardo Morishita, apresentou hoje balanço parcial do “Mutirão da Telefonia”, que acontece durante o dia de hoje, em todos os Procons do país. A ação tem como meta esclarecer aos consumidores sobre a mudança de pulso para minutos na cobrança das contas telefônicas.  

Morishita informou que o multirão irá continuar e que todos os Procons interagiram de alguma forma com a sociedade, seja por meio de entrevistas, programas de TV ou através de material didático (cartilha). “Os resultados foram satisfatórios e valeu a pena  a escolha deste dia para orientar o consumidor”, comentou.

O diretor alertou que os consumidores têm o direito de obter informações das prestadoras sobre a mudança e se esse direito for desrespeitado, o consumidor deverá fazer denúncia aos órgãos competentes. Morishita explicou que o trabalho realizado agora é uma medida preventiva, já que no dia 31 de julho será o prazo final da conversão, e a maioria dos consumidores nas grandes capitais irão fazer a migração.

Segundo o diretor, as dúvidas mais freqüentes dos consumidores são para saber qual é o melhor plano ou se no caso de arrependimento, se pode mudar de plano. “A cada mês o consumidor tem o direito de mudar de planos obrigatórios, sem nenhum custo”, frisou.

As concessionárias deverão oferecer dois planos obrigatórios de tarifação em minutos: Plano Básico e o Plano Alternativo de Serviço de Oferta Obrigatória (Pasoo).

Anterior Na AL, ritmo de crescimento da banda larga se reduz.
Próximos BrT leva estudo da ética para escolas da região