Procon-PR multa a Claro em R$ 2,3 milhões


O Procon do Paraná aplicou multa de R$ 2,3 milhões à Claro em razão do grande número de reclamações . Segundo o órgão, somente no início deste ano, foram registradas aproximadamente 790 reclamações contra a operadora.

Os problemas reclamados pelos usuários dizem respeito a cobranças indevidas nas faturas, serviços não solicitados, não cumprimento de ofertas, inclusão indevida do nome dos consumidores em cadastros de inadimplentes, além de problemas com sinal, o que faz com que as ligações caiam constantemente.

De acordo com coordenadora do Procon-PR, Claudia Silvano, “a conduta da empresa contraria várias disposições do Código de Defesa do Consumidor, por desrespeitar um direito básico previsto na lei que é a adequada prestação de serviços”.

TIM

Em maio, o Procon-PR havia multado a TIM em R$ 2,7 milhões por reclamações sobre as constantes interrupções nas ligações. De acordo com Cila de Fátima Mendes, responsável pela Divisão Jurídica do Procon-PR, a conduta da empresa contraria as disposições do Código de Defesa do Consumidor, por desrespeitar um direito básico previsto na lei que é a adequada prestação de serviços.

Segundo o Procon – PR, somente nos primeiros quatro meses deste ano, foram realizados 465 atendimentos de consumidores reclamando contra a TIM.(Da redação, com assessoria de imprensa)

 

Anterior MPF/RS propôs ação contra a Oi por não atender localidade gaúcha
Próximos Operadoras de telefonia e TV paga entre as mais reclamadas em SP