Presidente da Telefónica mantém-se otimista com operações brasileiras


José María Álvarez-Palette, presidente da Telefónica

A Telefónica está totalmente comprometida com o desenvolvimento do país. A afirmação é do presidente da companhia, José María Álvarez-Pallete, durante a última reunião da Junta de Acionista da operadora espanhola, na última sexta-feira, 7.

Segundo o CEO,  além de ter uma das maiores reservas de divisas no mundo, nos últimos anos o Brasil retirou milhões de pessoas da pobreza passando-as para a classe média, fortalecendo o consumo interno. “Somando esses atributos à perspectiva de grande crescimento da economia do Brasil no futuro, torna-se um mercado espetacular”, disse.

Pallete afirmou que a Telefónica contribui com 1,7% do PIB brasileiro, gera 580 mil empregos diretos e indiretos e paga € 3.900 milhões em impostos e a energia consumida aqui pela companhia é renovável. Ele citou também a melhoria da margem de lucro da empresa e disse que é onde a companhia tem o seu maior programa de voluntariado.

Anterior Telefônica aponta ao Cade três riscos na fusão Claro e Nextel
Próximos Inovar ou morrer, aponta pesquisa da CNI com CEOs de 100 indústrias