Presidente da Motorola mostra interesse pela faixa de 700 MHz


O presidente mundial da Motorola Solutions, Greg Brown, esteve nesta terça-feira (16) com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, para falar do interesse da companhia na faixa de 700 MHz para uso na banda larga. Ele disse que esse espectro virou prioridade nos Estados Unidos e deve ter o mesmo destino no Brasil, após o desligamento da TV analógica, previsto para 2016.

Sobre a venda da Motorola Mobility ao Google, Brown disse que a operação é positiva para a companhia, mas que não afeta a divisão dele. A operação foi anunciada ontem pelo valor de US$ 12,5 bilhões.

Segundo Brown, a Motorola está estudando ampliar suas atividades no país. “Estamos aqui há 35 anos e atentos a qualquer possibilidade de aquisição”, disse. A companhia produz equipamentos e soluções em TI para empresas e governos.

A faixa de 700 MHz tem sido motivo de disputa entre teles, fabricantes de equipamentos e radiodifusores. A destinação dessa frequência já está em estudo pela Anatel. Nos EUA, esse espectro foi direcionado à telefonia móvel de quarta geração.

Anterior Lucro da AES Atimus sobe 29,4% no segundo trimestre
Próximos Banda larga: setor teme efeito de exigências excessivas de qualidade