Presidente da FCC não quer China Mobile nos EUA


O presidente da Federal Communications Commission (FCC), reguladora do mercado de telecomunicações dos Estados Unidos, quer evitar que a China Mobile receba licença para operar rede de transporte internacional no país. Ajit Pai enviou um comunicado aos seus pares na agência no qual alega razões de segurança nacional para a negativa.

A China Mobile pediu autorização em 2011 para construir sites de interconexão de rede nos EUA. Pai diz que outras agências de governo foram consultadas e que também enxergam risco ao país na iniciativa. “Os planos apontam para ameaças sérias e substantivas à segurança nacional e à aplicação da lei”, afirmou.

Ele alega que o pedido da China Mobile não conseguiu demonstrar porque sua instalação nos EUA seria de interesse público dos americanos. E que a companhia está sujeita a exploração, influência e controle do governo chinês.

O presidente da FCC sugere que os demais conselheiros votem contra a liberação da licença para a companhia chinesa. A reunião que decidirá o tema acontece em 9 de maio, mas o veto é dado como certo. Isso porque a FCC é formada por cinco integrantes, dois ligados ao partido Democrata e três, ao Republicano, entre os quais, Pai.

Anterior Proposta brasileira de classificação para dispositivos IoT é aprovada pela UIT
Próximos BH cria laboratório vivo de IoT

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *