Presidente da FCC diz que lei de neutralidade da Califórnia é ilegal


Ajit Pai, novo presidente da FCC

Os esforços da Califórnia para estabelecer suas próprias regras de neutralidade da rede são “ilegais”, disse o chefe do principal órgão regulador de comunicações da América, a FCC

“O microgerenciamento da Califórnia representa um risco para o resto do país”, disse o presidente da Comissão Federal de Comunicações, Ajit Pai. “Afinal de contas, a banda larga é um serviço interestadual; o tráfego da internet não reconhece as fronteiras estaduais. Desse modo, somente o governo federal pode estabelecer uma política regulatória nessa área”, completou.

No mês passado, o Comitê de Comunicações e Transmissão da Assembléia Legislativa da Califórnia votou para dar continuidade  ao Projeto de Lei 822 do Senado, que fornece forte proteção à neutralidade da rede. Em seu discurso, Pai o chamou de projeto de lei “radical, anti-consumidor”.  O Projeto, aprovado nas duas Casas do Legislativo da Califórnia, precisa agora ser sancionado pelo governador do estado. 

As operadoras e provedores estarão proibidos de bloquear o tráfego desde os datas centers e também ficarão proibidos de cobrar pelas empresas OTTs (Over the Tops), ou empresas de internet por seu conteúdo.

Anterior MediaTek desenvolve solução de reconhecimento facial de baixo custo
Próximos Venda da MediaKind da Ericsson vai atrasar

1 Comment

  1. Leônidas Mackenzie
    22 de setembro de 2018
    Responder

    Califórnia sendo Califórnia. Só fazem besteira.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *