Presidente da Anatel nega que agência vá cassar licença de telefonia fixa da Oi


shutterstock_Telefonia_fixa_infraestrutura_regulacao_concessionaria_politica_fio

O presidente da Anatel, Juarez Quadros, negou hoje, 30, a informação publicada pela coluna do Estadão, de Andreza Matais e Marcelo de Moraes, de que a Anatel estaria prestes a dar início ao processo de cassação da licença de telefonia fixa da Oi, por “falta de capacidade de investimento”.

Conforme a assessoria da agência, o “presidente Juarez Quadros disse que a informação não procede. A Anatel não confirma as informações contantes na matéria do Estadão”.

Conforme a notícia, embora o processo de cassação possa demorar alguns meses, só haveria um jeito de a Oi “escapar” de perder essa licença, que seria com a publicação da Medida Provisória, em gestação no Palácio do Planalto, que iria recuperar a capacidade de investimento da companhia, com o fim da ação da AGU que está cobrando R$ 7 bilhões em dívidas tributárias.

Anterior Governo troca TIC e call center por emissora de rádio e TV no aumento de imposto
Próximos Oi adere a plataforma para empresas do Twitter