Prêmio vai incentivar startups latino-americanas que visem operar no Reino Unido


shutterstock_timquo_startup_economiaO GrupoCASA, a TradeHorizons e a Incisive Edge, ambas do Reino Unido, organizaram o prêmio LatAm Edge Award, voltado para startups latino-americanas com interesse em expandir suas operações para o Reino Unido.

Para participar, os interessados devem se inscrever no site www.latamedge.com, e pagar taxa de R$ 120. Os inscritos passarão por uma triagem de duas etapas com especialistas latino-americanos e ingleses e as seis finalistas irão para Londres para participar de um pitch deck com investidores.

A vencedora ganhará um ano de escritório grátis, mais os serviços de suporte em Desenvolvimento de Negócios, Marketing, Contabilidade e Assessoria Jurídica para expandir suas atividades com segurança e suporte no Reino Unido. Todas as startups que usem intensivamente a tecnologia em suas soluções podem se inscrever. É preciso também dominar o idioma inglês e apresentar uma solução que possa ser interessante para o país.

A América Latina foi o território escolhido para a seleção pois a demanda dos usuários, especialmente no mundo mobile, é intensa e esse é um fator estimulante para o surgimento de novos negócios que, por estarem fora do eixo USA-UK-Israel, não têm muitas possibilidades de aproveitar ao máximo as oportunidades já existentes em mercados mais maduros.

“Há muito talento empreendedor na América Latina no mundo da tecnologia. No entanto há muitas barreiras que eles precisam ultrapassar para se expandir e se tornar internacionais. Queremos encorajar e apoiar essas empresas criativas a olhar para o Reino Unido como um dos destinos ideais para desenvolver e escalar seus negócios de forma global” comenta Gillian Kerr, diretora da Trade Horizons.

As inscrições vão até o dia 19 de setembro de 2016. A partir do dia 19 de setembro terá início a primeira etapa da seleção das empresas que finalizará no dia 1 de outubro. Em seguida, serão novamente avaliadas as semi-finalistas e convocadas seis startups finalistas. Estas irão a Londres no dia 25 de outubro de 2016 para apresentar suas propostas de negócios para a expansão no Reino Unido e uma delas somente será a vencedora.

Após a definição da empresa vencedora ela deverá se encontrar com o Embaixador de seu país em Londres bem como iniciar os trabalhos de expansão contando com o suporte de todos os parceiros – GrupoCASAUK, Trade Horizons e Incisive Edge bem como advogados e contadores. Apoiam o prêmio a London & Partners , braço de apoio a negócios vindos para Londres, a UKTI na America Latina exceto Brasil e México, braço de apoio a desenvolvimento de negócios fora de Londres além da Latam Founders, organização que apóia a expansão de startups dos EUA para outros países no mundo. (Com assessoria de imprensa)

Anterior 31% dos acessos móveis na América Latina serão pós-pagos em 2021
Próximos Olimpíadas fazem uso do Tinder disparar no Rio