Pregão do Gesac não teve contestação


Não houve contestação ao resultado do pregão do Gesac(Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão), vencido pela Embratel, em consórcio com a Telefônica, Oi e Brasil Telecom. O prazo para entrar com recurso acabou às 18h de sexta-feira (25). Com isso, a assinatura dos contratod pode ocorrer nos próximos dias. O pregão do Gesac …

Não houve contestação ao resultado do pregão do Gesac(Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão), vencido pela Embratel, em consórcio com a Telefônica, Oi e Brasil Telecom. O prazo para entrar com recurso acabou às 18h de sexta-feira (25). Com isso, a assinatura dos contratod pode ocorrer nos próximos dias.

O pregão do Gesac foi realizado em abril, para a instalação de cerca de 12 mil pontos de conexão à internet via satélite em todo o país e resultou em economia de mais de R$ 6 milhões mensais ao Minicom. No primeiro lote. a empresa apresentou lance final de R$ 1,49 milhão,valor 70% menor do que o máximo estimado de R$ 5,01 milhões mensais. O lote corresponde a 5.917 pontos do Gesac na região Nordeste.

No segundo lote, a Embratel ofereceu um lance final de R$ 1,8 milhão mensal, preço bem abaixo do estipulado no edital, que foi de R$ 5,13 milhões, no máximo. Este lote compreende a conectividade em banda larga para 6.002 pontos em todas as regiões do país, exceto a Nordeste, contemplada no primeiro lote.

Este mês sai o novo edital para contratação de mais oito mil pontos do Gesac também ficará para agosto. As novas conexões vão beneficiar, principalmente, telecentros e escolas rurais, cujas localizações ainda dependem da definição do Ministério da Educação. (Da Redação)

Anterior Falta de quórum paralisa o Cade
Próximos RFS planeja expandir rede de distribuição