Preços dos serviços de comunicações têm deflação de 0,66% em março


Os preços dos serviços de comunicação tiveram deflação de 0,66% no mês de março, ante a alta de 0,17% registrada em fevereiro, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (21), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No trimestre, a redução é de 0,51% e no acumulado de 12 meses, esses preços variaram positivamente em 0,83%.

Os preços dos serviços de comunicação foram os únicos que apresentaram deflação neste mês. Os valores foram coletados no período de 14 de fevereiro a 14 de março (referência) e comparados com aqueles vigentes de 16 de janeiro a 13 de fevereiro (base), para o cálculo do IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15), que teve variação de 0,73% em março e ficou próximo da taxa de 0,70% de fevereiro.

Com isto, o IPCA-E (IPCA-15 acumulado nos meses de janeiro, fevereiro e março) foi de 2,11%, acima da taxa de 2,06% referente ao primeiro trimestre de 2013. No acumulado dos últimos 12 meses, o IPCA-15 ficou em 5,90%, acima dos 12 meses imediatamente anteriores (5,65%). Em março de 2013, a taxa havia sido de 0,49%.

O indicador refere-se às famílias com rendimento de 1 a 40 salários mínimos e abrange as regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, Recife, São Paulo, Belém, Fortaleza, Salvador e Curitiba, além de Brasília e Goiânia. A metodologia utilizada é a mesma do IPCA, a diferença está no período de coleta dos preços e na abrangência geográfica.(Da redação)

Anterior Fabricação de celulares no país com isenções requer nacionalização de partes dos cartões de memória
Próximos Telefónica lança desafio de encontrar melhor forma digital de ensinar música clássica