Portabilidade: Mais de mil clientes trocam de operadora no 1º dia.


Mais de mil (1.028) assinantes solicitaram hoje a migração entre operadoras de telefonia no primeiro dia de vigência da portabilidade numérica, segundo informações da ABR Telecom, entidade administradora do processo. Os números representam apenas 0,0058% do total de assinantes dessa primeira etapa (17,5 milhões) e correspondem as pedidos feitos até às 18h30. A maioria das …

Mais de mil (1.028) assinantes solicitaram hoje a migração entre operadoras de telefonia no primeiro dia de vigência da portabilidade numérica, segundo informações da ABR Telecom, entidade administradora do processo. Os números representam apenas 0,0058% do total de assinantes dessa primeira etapa (17,5 milhões) e correspondem as pedidos feitos até às 18h30.

A maioria das migrações ocorreu na telefonia móvel (80%), segundo dados divulgados pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). Goiás registrou o maior número de migrações, com 357 pedidos, seguido de São Paulo e Mato Grosso do Sul,  ambos com 171 solicitações.  Em terceiro lugar vem o Paraná , com 161 solicitações, seguido pelo Espírito Santo com 105. Em Minas Gerais foram registrados 40 solicitações de migração  e no Piauí, 23 usuários pediram mudança de operadora nesta segunda-feira.  

Nesta primeira fase de implantação da portabilidade numérica, que começou nesta segunda-feira (1º) são atendidos 17.488.735 assinantes da telefonia móvel e fixa do Mato Grosso do Sul e de cidades de São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Goiás e Piauí.

O processo de portabilidade se inicia com a solicitação do usuário de serviços de telecomunicações à operadora para a qual deseja migrar. Esta operadora, por sua vez, remete a solicitação à entidade administradora (ABR Telecom) que irá acionar a empresa de onde o usuário deseja sair, a fim de atualizar a Base de Dados Nacional de Referência (BDR) e a Base de Dados Operacional (BDO) das Operadoras. Este processo se concluirá em até cinco dias úteis.Cada assinante paga R$ 4,00 para troca de operadora, mas a maioria das empresas está oferecendo o serviço de graça.

Anterior Diveo investe mais de US$ 30 milhões na operação local
Próximos Alcatel-Lucent indica novos dirigentes