Portabilidade: Das 696 transferências previstas apenas 211 foram efetivadas hoje.


No quarto dia de vigência da portabilidade numérica, foram efetivadas hoje 211 transferências de operadoras com a manutenção do número do telefone. Outras 485 estavam agendadas, mas ainda não se concretizaram. O número de solicitações, entretanto, continua caindo. Hoje foram feitos apenas 530 petidos de migração de operadoras até às 17h23 contra 1028 do primeiro …

No quarto dia de vigência da portabilidade numérica, foram efetivadas hoje 211 transferências de operadoras com a manutenção do número do telefone. Outras 485 estavam agendadas, mas ainda não se concretizaram. O número de solicitações, entretanto, continua caindo. Hoje foram feitos apenas 530 petidos de migração de operadoras até às 17h23 contra 1028 do primeiro dia, segundo infoemações da ABR Telecom, a entidade administradora da portabilidade no Brasil. O acumulado dos quatro dias é da migração de 3.835 assinantes (2.650 de móveis e 1.185 de fixos).

Segundo a ABR Telecom, as solicitações que não foram concretizadas devem-se, basicamente, a quatro fatores: não apresentação de documentos em tempo hábil à operadora receptora, por parte do usuário que fez a solicitação via telefone; inconsistência nos dados cadastrais do usuário; perda de prazo no processo de atualização da base de dados por parte de operadoras e pedidos de cancelamento da portabilidade pelo usuário ou mesmo pela operadora.

De acordo com os registros da ABR Telecom, 28% das operações de portabilidade foram concluídas no DDD 62 (GO); 22% no DDD 27 (ES); 12% no DDD 43 PR) e 10% com números de DDD 37( MG). As solicitações a partir do DDD 67 (MS) responderam por 9% das operações completadas; do DDD 17 (SP), por 8%; do DDD 14 SP), por 7% e do DDD 86 (PI), 4% da portabilidade se efetivou. Dos primeiros pedidos de portabilidade numérica completados nesta quinta-feira, 93% foram de telefones móveis.

Os registros  mostram que Goiás continua respondendo pelo maior volume de solicitações de portabilidade com 142 pedidos realizados, dos quais 67 de telefones móveis e 75 de fixos. O estado do Paraná  registrou 118 solicitações, das quais 57 de móveis e 61 de fixos. Depois, vem o estado de São Paulo  com 84 solicitações de portabilidade sendo que, no DDD 14 foram 49 solicitações no total, das quais 39, a partir de usuários de telefonia móvel e 10 de fixa. No DDD 17, foram registrados 35 pedidos de portabilidade, 33 se originaram de telefones móveis e 2 de fixos.

O Espírito Santo vem a seguir, com 77 solicitações, das quais 73 de móveis e 4 de fixos, seguido pelo Estado do Mato Grosso do Sul com 70 solicitações, sendo 47 de telefones móveis e 23 de fixos. Em Minas Gerais, no DDD 37, foram registrados 32 pedidos de mudança, todos de telefones móveis. No estado do Piauí, foram registradas 07 solicitações de mudança de operadora, também, todas a partir de telefones móveis no DDD 86. (Da Redação)

Anterior Anatel aprova transferência de ações da Unicel para grupo árabe
Próximos Telefónica investe mais em operadora chinesa