Polêmica sobre fim de investigação ao Google nos EUA


A FTC – Federal Trade Commission –, agência reguladora da concorrência norte-americana,  divulgou ontem,27,  nota negando as afirmações feitas pelo Wall Street Journal de que a agência estaria muito dividida em relação à decisão de acabar com a investigação, aberta em 2012, contra o Google por prática anticompetitiva.

Conforme a agência, a decisão de acabar com o processo foi tomada de acordo com a recomendação dos departamentos de Competição, de Economia e do Conselho Geral e por isto negava as alegações do jornal. O WSJ afirmava que houve mudanças na decisão, depois encontros entre representantes do Google e da agência.

A investigação foi aberta pela FTC em 2012 para apurar se a empresa teria quebrado regras antitruste em seu resultado de buscas, incorporando informações de outras fontes como a Yelp em seus próprios resultados e removendo completamente outros resultados de sua busca.

Conforme a agência, as providências tomadas pelo Google foram suficientes para justificar o fim da investigação.  ( com agências internacionais). 

Anterior Índia arrecada US$ 17 bi com leilão de frequências 2G e 3G
Próximos GVT ultrapassa marca de 3 milhões de clientes em banda larga