O ministério das Comunicações está empenhado para fazer com que a ocupação da faixa de 450 MHz, destianda para banda larga rural, seja feita com rede LTE 4G. “Queremos começar [a operação na faixa de 450 MHz] com LTE, porque se fizer com outra tecnologia vai ser mais difícil trocar depois”, declarou o ministro Paulo Bernardo.  Ao que tudo indica, mais empresas também começam a apostar na alternativa. Segundo o ministro, duas empresas aderiram ao grupo de desenvolvimento da padronização de LTE em 450 MHz, em andamento no 3GPP.

MENU

Voltar