A TIM acaba de ingressar na Justiça Federal de Brasília com mandado de segurança pedindo a revogação da suspensão da venda de chips e ativação do serviço em 19 estados (incluindo o Distrito Federal), imposta pela Anatel. O procurador-geral da agência, Victor Cravo, já está no local, esperando para falar com o juiz da 4ª Vara, que examinará o caso. Mas a decisão ficou para segunda-feira.

MENU

Voltar