Depois de dois votos favoráveis à aprovação da compra dos estúdios Time Warner pela AT&T, dona da operadora de TV por satélite, Sky, o conselheiro Moisés Moreira pediu vistas do processo. Ao final da reunião, o presidente da Anatel, Leonardo de Morais, assinalou que conta com o Congresso Nacional para alteração da lei, que ele considera anacrônica e caduca.

O TAC da TIM prevê a correção das condutas que motivaram as multas e compromissos adicionais. O valor de referência é de R$ 627 milhões. Quase 80% dos municípios que passarão a contar com tecnologia 4G da operadora estão na região Norte e Nordeste e congregam 3 milhões de habitantes.

O conselho diretor da Anatel deverá se basear na MP da Liberdade Econômica, aprovada ontem pelo Senado Federal, para liberar o negócio bilionário de US$ 85 bilhões e deixar que a SKY seja dona, no Brasil, da Time Warner, tentando, com isso, contornar as limitações de propriedade cruzada estabelecidas na Lei 12.485 de 2011

MENU

Voltar