Advertisement

Receita da unidade brasileira caiu 15,5% em 2018, comparado a 2017, em função da conversão cambial para registro no balanço da holding espanhola. Sem influência cambial, receitas brasileiras teriam crescido 0,3%, enquanto as vendas do grupo como um todo, 2,4%.

Telefônica Brasil fechou o ano de 2018 em céu de brigadeiro. Lucro líquido recorde de R$ 8,9 bilhões, alta de 93,7% em relação a 17; Ebitda de R$ 15,4 bilhões e margem recorrente de 35,6%. No último trimestre, uma ligeira queda de 2% no lucro líquido em relação a 17, para R$ 1,48 bilhão.

MENU

Voltar