Plano da Samsung é ser a maior fabricante de chips lógicos do mundo até 2030


A Samsung anunciou hoje, 24, que vai investir o equivalente a US$ 116 bilhões (algo como R$ 462,6 bilhões) na divisão “LSI”, de criação e fundição de chips lógicos. O objetivo do aporte, que será feito ao longo dos próximos dez anos, é chegar a 2030 como a maior fornecedora destes chips do mundo – batendo as rivais TSMC, Qualcomm e Intel.

Chips lógicos são processadores, os componentes fundamentais sem os quais nenhum eletrônico funciona. Atualmente a empresa já é fabricante da linha Exynos, que é embarcada em seus smartphones. Com o investimento a sul-coreana diversifica a produção de chips, indo além dos chips de memória, cujos preços oscilaram nos últimos anos.

Mas a meta é produzir componentes lógicos para equipamentos 5G, carros conectados e produtos com inteligência artificial. Além da produção própria, a companhia quer também aumentar o volume fabricado para outras companhias.

Segundo a Samsung, 55% do montante do investimento será destinado à infraestrutura das fábricas de chips. Os 45% restantes serão usados em pesquisa e desenvolvimento. Neste período, ao menos 15 mil empregos no setor de P&D serão criados, calcula a empresa. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Troca de operadoras no Brasil chega perto de 50 milhões
Próximos Telefônica entra na justiça contra 4G no PGMU e MCTIC vai consultar AGU