Planejamento estuda antecipar concessão de telefonia para ampliar investimentos em telecom


O ministério do Planejamento está estudando as concessões de telefonia fixa com a premissa de que o serviço já cumpriu o seu papel e que a antecipação da mudança no modelo regulatório pode trazer mais valor agregado aos investimentos do setor.

Os estudos, informou hoje, 01, o chefe adjunto da assessoria de assuntos econômicos do ministério do Planejamento, Marcos Ferrari, estarão concluídos ainda este ano, mas caberá ao Ministério das Comunicações definir as políticas públicas e estratégias a serem traçadas para o setor.

“O nosso enfoque são os investimentos, e a nossa intenção é antecipar 2025, (quando termina a atual concessão de telefonia fixa), e para isto faremos análises de cenários e buscaremos benchmarking internacional”, afirmou ele.

Durante o debate no Painel Telebrasil2015, Ferrari assinalou que a pauta regulatória da concessão não pode ser isolada, mas um debate de todos os setores, tanto por parte do governo omo das empresas. “Boa parte do programa Banda Larga para Todos pode ser equacionada desta forma”, completou.

 

Anterior Fim da desoneração dos smartphones vai afetar massificação da internet, afirmam operadoras
Próximos Telefónica e China Unicom selecionam oito projetos de IoT para aceleração