TeleSintese-apresentacao-reuniao-treinamento-curso-grafico-resultado-positivo-plateia-pessoasPara simplificar o dia a dia de trabalho dos gestores de pessoal do governo federal, o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) lança, nesta quarta-feira (27), um novo módulo chamado Postos de Trabalho e Aprendizagem (PTA) no Sistema de Gestão de Pessoas (Sigepe). Para facilitar o gerenciamento e controle de cargos e vagas dos órgãos e entidades da administração pública federal, o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) lançou hoje (27) o quarto módulo do Sistema de Gestão de Pessoas.

“Este é mais um passo para modernizar a gestão de pessoas do governo federal. A partir de agora, será mais fácil cadastrar um cargo, pois a solução é mais amigável para o usuário”, explica Augusto Chiba, secretário de Gestão de Pessoas do MP. O novo módulo, chamado Postos de Trabalho e Aprendizagem (PTA), vai substituir o cadastro atual, que deve ser realizado tanto no Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos (Siape) quanto no Sistema de Informações Cadastrais dos Servidores Públicos Federais (SiapeCad).

Segundo o secretário, a nova ferramenta permitirá que o registro das informações dos postos de trabalho e de estagiários seja feito em um cadastro prévio único e simplificado, tornando as informações mais confiáveis.

Entre as inovações estão o controle das etapas da criação de um cargo – desde o seu esboço até a sua efetivação final pela sua lei instituidora – e também o cadastro do cargo mais completo, conforme estabelecido no projeto de lei. A atualização de um posto de trabalho será realizada em um único sistema, que será sincronizado com o Siape e SiapeCad, que neste momento o primeiro ainda continuará efetuando os pagamentos.

No futuro, estará disponível para todas as Coordenações de Gestão de Pessoas a funcionalidade de consultar os postos de trabalho e aprendizagem e de alocar as vagas dos cargos nas diversas unidades organizacionais de seu órgão. O objetivo é facilitar o planejamento de distribuição da força de trabalho.

Mais informações sobre o novo módulo PTA estão disponíveis no Portal do Servidor. (Assessoria de Imprensa)