Pico da 5G é 4x mais rápido que no LTE


A consultoria Opensignal mediu as velocidades máximas alcançadas por usuários de redes 5G em oito países entre abril e junho. Foram avaliados os picos de velocidade de download nos Estados Unidos, Suíça, Coreia do Sul, Austrália, Emirados Árabes Unidos, Itália, Espanha e Reino Unidos.

Nos EUA, o país onde o pico no 5G mais se distanciou do pico no 4G, a velocidade máxima chegou a 1,8 Gbps, 2,7x mais do que o visto no LTE.

Os dados revelam que, comparando-se as velocidades máximas, a promessa das operadoras e fornecedoras de que as velocidades cresceriam 10x não se concretizou, por enquanto. Na Austrália, por exemplo, o LTE apresentou picos mais velozes, enquanto na Espanha a diferença foi quase imperceptível.

A consultoria lembra, porém, que em cada lugar há uma disponibilidade diferente de espectro, com algumas operadoras da medição dispondo de apenas 40 MHz de canalização. “Este é apenas o começo da era 5G e o mercado está se movendo rapidamente. Mais serviços 5G serão lançados usando mais espectro e canais mais amplos – existem poucos serviços 5G utilizando atualmente o tamanho ideal do canal (100 MHz) da 5G”, justifica a empresa.

Anterior Vendas de "wearables" crescem 51% no 1º tri
Próximos Lei da Autoridade Nacional de Proteção de Dados é sancionada com vetos

1 Comment

  1. 9 de julho de 2019

    no Brasil entao melhor nem comentar né aqui no bairro 50 mega é só de faixada