Pharol é multada nos EUA por operações com títulos do Grupo Espírito Santo


torre_portugal_telecomA Securities Exchange Commission (SEC), o xerife do mercado norte-americano de capitais, multou a Pharol, antiga Portugal Telecom SGPS (PT SGPS), por operações de risco feita com títulos do Grupo Espírito Santo. A multa é de US$ 1,25 milhão.

Conforme o processo, a PT SGPS falhou ao não deixar clara a exposição ao risco que tinha ao realizar as operações. O Grupo Espírito Santo pediu falência, o que levou a PT a absorver um rombo de € 897 milhões em títulos que eram da Rioforte, empresa do grupo falido.

A SEC também acusou a empresa que ter controles de contabilidade insuficientes. “O risco de créditos é informação material para os investidores, e a Portugal Telecom falhou em assegura que os riscos do Grupo Espírito Santo foram devidamente divulgados ao público”, falou Michele Layne, uma das diretoras da SEC. A investigação contou com apoio das CVM brasileira e da CNVM, de Portugal. A Pharol aceitou pagar a multa.

Anterior Galaxy Note 7 deve viajar desligado em avião, diz Anac
Próximos Acordo entre Pharol e Tanure. É bom para a Oi?