Pharol fecha com menos prejuízo o primeiro semestre do ano


shutterstock_ Spectral-Design _dinheiro_comercio_eletronicoA Pharol, controladora da Oi, com 27,2% do capital, fechou o primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado com prejuízo menor. Fechou  o 1T16 com resultado operacional negativo de € 8,3 milhões, contra o prejuízo de € 14,2 milhões que apurou no primeiro semestre do ano passado.

Além da valorização do real frente ao euro, e consequente valorização dos investimentos na Oi, a empresa atribuiu a melhora do resultado à sensível redução nos custos operacionais, que caíram 64% (de € 9,2 milhões para € 3,3 milhões), de 2015 para 2016.

Mesmo no vermelho, como é tradição dos sócios portugueses, foi feita a distribuição de dividendos de 0,3 centavos por ação.

PUBLICIDADE
Anterior Reguladores europeus condenam o zero-rating
Próximos Empresa de distribuição de conteúdo da SES terá CDN no Brasil