Pesquisa de satisfação da Anatel vai ampliar análise sobre TV paga


A nova pesquisa sobre satisfação dos usuários de serviços de telecomunicações – STFC, SMP e TV paga – que será feita pela Anatel trará uma novidade em relação aos assinantes da TV por assinatura. A agência irá avaliar o índice de satisfação por prestadora e por município onde a empresa está presente e serão ouvidos …

A nova pesquisa sobre satisfação dos usuários de serviços de telecomunicações – STFC, SMP e TV paga – que será feita pela Anatel trará uma novidade em relação aos assinantes da TV por assinatura. A agência irá avaliar o índice de satisfação por prestadora e por município onde a empresa está presente e serão ouvidos assinantes e não assinantes do serviço.

Em entrevista ao Portal Tele.Síntese, o superintendente de Comunicação de Massa da Anatel, Ara Apkar Minassian, explicou que essas alterações na metodologia da pesquisa serão importantes para obter resultados mais precisos sobre a qualidade do serviço de TV paga. As mudanças em relação à TV por assinatura foram incorporadas na norma de aferição do grau de satisfação da sociedade com relação ao STFC, ao SMP, aos serviços de televisão por assinatura e outros serviços de telecomunicações que vierem a ser agregados, documento aprovado pelo Conselho Diretor da agência em reunião realizada no último dia 12 e que irá orientar a realização da segunda pesquisa de satisfação feita pela agência. A primeira foi realizada em 2002.

Minassian lembra que, naquela pesquisa, foram ouvidos apenas assinantes da TV paga e selecionados por prestadora, o que dava uma amostra da qualidade do serviço em âmbito nacional. “Mas não foi possível diferenciar o nível satisfação por município. A prestadora pode atuar melhor em uma cidade do que em outra”, explica o superintendente da agência. Ele acrescenta que a decisão de incluir não assinantes de TV por assinatura na pesquisa permitirá à Anatel identificar os motivos que interferem na adesão ao serviço e apontar alternativas que possam ser adotadas pelo órgão regulador para ampliar a base de assinantes.

A intenção da agência é contratar este ano a empresa que fará a pesquisa e iniciar a coleta dos dados e tabular as informações em 2007. O número de pessoas que serão ouvidas será definido na contratação da empresa. Mas no caso do serviço de TV paga, a amostra deverá ser ampla porque hoje há 483 municípios brasileiros atendidos pelo serviço de TV paga.

Anterior João Cox assume a presidência da Claro
Próximos Telecom Italia fora da BrT: mercado reage com ceticismo.