Perdemos Carlos Zanatta


 Faleceu na madrugada de hoje o jornalista Carlos Eduardo Zanatta, chefe da sucursal de Brasília da revista Teletime. Com 55 anos, Zanatta tinha a disposição de um “foca” (expressão usada pelos jornalistas para se referir a um principante). Quantas vezes nós, seus colegas do dia a dia, o vimos se alimentar apenas com biscoitos de …

 Faleceu na madrugada de hoje o jornalista Carlos Eduardo Zanatta, chefe da sucursal de Brasília da revista Teletime. Com 55 anos, Zanatta tinha a disposição de um “foca” (expressão usada pelos jornalistas para se referir a um principante). Quantas vezes nós, seus colegas do dia a dia, o vimos se alimentar apenas com biscoitos de sal, enquanto esperava por mais uma coletiva. Diabético, e com problemas de visão,  Zanatta usou, por muito tempo, uma lente de aumento (dessas de detetive) para conseguir ler e destrinchar as vírgulas dos inúmeros documentos a que teve acesso ao longo de sua carreira e poder, assim, melhor informar os seus leitores.  

Com um olhar social sobre todos os temas que abordava (afinal, foi coroinha em sua adolescência), Zanatta gostava mesmo era de descobrir o Brasil. Com que entusiasmo ele se embrenhava em uma aldeia indígena ou em perdida cidade no coração do semi-árido nordestino, só para ver o impacto na vida da população a instalação de um simples telefone público ! Engajado em um projeto de Nação mais justa, Carlos Eduardo Zanatta foi sempre um brilhante repórter. Deixa mulher, filhos e muitos amigos.

Anterior Associação de consumidores questiona negócio entre DoubleClick e Google
Próximos WiMAX: por que a licitação está parada?