Penetração celular pode chegar a 80%, diz presidente da TIM


“Ao contrário do que dizem alguns analistas por aí, não acredito que o mercado esteja saturado”, afirmou hoje, 4 de abirl, Mario Cesar Araújo, presidente da TIM Brasil. Para ele, a penetração de telefonia celular poderia aumentar dos atuais 54% para 80%, “dependendo de como forem inseridas as novas opções”, disse, se referindo à tecnologias …

“Ao contrário do que dizem alguns analistas por aí, não acredito que o mercado esteja saturado”, afirmou hoje, 4 de abirl, Mario Cesar Araújo, presidente da TIM Brasil. Para ele, a penetração de telefonia celular poderia aumentar dos atuais 54% para 80%, “dependendo de como forem inseridas as novas opções”, disse, se referindo à tecnologias como o 3G. Araújo destacou que, devido a atual condição econômica do país, existe um aumento do poder de compra das camadas menos favorecidas da população, que, somado à ações como o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) do governo federal, e iniciativas como a do governo de Minas Gerais em ampliar a cobertura para todos os municípios do estado, “vão convergir em condições para que toda a população tenha acesso aos seviços de telefonia e convergência. Isso nos leva a ver com bastante otimismo o crescimento do mercado”, declarou.

Sobre esta tecnologia 3G, Araújo acredia que, se não houver atrasos, até o final do ano a operadora poderá ter equipamentos instalados e operantes. “ Se não houver nenhum fator exógeno ao processo licitatório da Anatel, poderemos ter no natal um início de ofertas em 3G”, prevê o executivo. Ele defendeu que a licitação das sobras de freqüência em 850 MHz, 1,9 GHz e 2,1 GHz seja articulada, e afirmou que os investimentos em tecnologia 3G serão feitos “em função da demanda”. A TIM previu investimentos no Brasil de R$ 5,7 bilhões para os próximos três anos.

Anterior Atuação da TIM Brasil será independente
Próximos Telefone para surdos cresce em vendas