Parks vai fabricar no Brasil equipamentos de WiMAX


 Está publicada no Diário Oficial de hoje a portaria do Ministério da Ciência e Tecnologia e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio que concede incentivos fiscais da lei de informática para a Parks fabricar no Brasil equipamentos WiMAX (tecnologia de banda larga sem-fio). Serão produzidos pela empresa a estação rádio-base e os aparelhos dos usuários. Com …

 Está publicada no Diário Oficial de hoje a portaria do Ministério da Ciência e Tecnologia e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio que concede incentivos fiscais da lei de informática para a Parks fabricar no Brasil equipamentos WiMAX (tecnologia de banda larga sem-fio). Serão produzidos pela empresa a estação rádio-base e os aparelhos dos usuários.

Com os incentivos da lei, as empresas que cumprirem o processo produtivo básico (PPB), ou as etapas de produção, têm o direito à redução do IPI (Imposto Sobre Produto Industrializado) e, como contrapartida, são obrigadas a aplicar 5% de seu faturamento em pesquisa e desenvolvimento no país.

Também tiveram aprovados os seus pleitos para o enquadramento na lei, a Nortel, que irá fabricar equipamentos móveis de telecomunicações; a Asga, que irá produzir roteadores digitais e a Teikon Tecnologia Industrial, que irá fabricar notebooks.

Crescimento

A empresa prevê crescer 30% em 2008. “Acreditamos que o próximo ano será
 um grande marco para a história da Parks no Brasil, pois finalmente
 poderemos colocar no mercado brasileiro nossa linha de WiMAX fixo e móvel”,
 declara o seu diretor comercial, Mauro de Araujo. Ainda em 2008, a
 Parks também pretende apresentar ao mercado uma unidade de WiMAX híbrida
 (802.16d e 802.16e). 

( Da Redação, com assessoria de imprensa ) 

Anterior As decepções da TV digital
Próximos Net abre o pregão da Nasdaq