Para Verizon, MVNO do Google sobrecarregaria redes das concorrentes


A Verizon, maior operadora de telefonia móvel dos Estados Unidos, não gostou da notícia de que poderá concorrer com o Google. A tele afirmou ontem (22), ao jornal Financial Times, que a parceria entre a gigante da internet, a Sprint e a T-Mobile resultará em serviços de baixa qualidade a milhões de usuários.

Segundo Fran Shammo, CFO da Verizon, o acordo poderia aumentar o tráfego a ponto de sobrecarregar as redes das concorrentes menores. O resultado seria um serviço de qualidade pior tanto para os clientes das operadoras, quanto paras os que contratassem o MVNO do Google. O executivo não confirmou, porém, se sua empresa chegou a ser procurada para um acordo semelhante. Sprinte e T-Mobile são a terceira e quarta colocadas no mercado de telefonia móvel dos EUA.

“Eles são um parceiro muito grande. Temos zilhões de conversas com eles. O Google precisa fazer o que tem de fazer”, o executivo se limitou a dizer ao Financial Times. No último trimestre, a Verizon divulgou queda de 8% nos lucros em relação a um ano antes. A empresa também apresentou redução da receita por usuário (ARPU), aumento do churn (saída de usuários).

Anterior TIM lança serviço de assinatura de audiolivros
Próximos Ford abre nova unidade no Vale do Silício para pesquisas avançadas