Para Quadros, o projeto de reforma de telecom está atrasado


Juarez-Quadros-01O presidente da Anatel, Juarez Quadros, afirmou hoje, 14, que a reforma de telecomunicações está atrasada, pois é urgente a implementação da banda larga no país. Para ele, não é possível confundir a discussão do projeto que tramita no Senado Federal – o PLC 79 – e a medida administrativa implementada pela agência, que são os TACs (Termo de Ajustamento de Conduta).

“Não existe perdão nenhum no TAC. É trabalho que a agência, que penaliza as empresas com multas em acréscimo do valor da própria multa. No caso do TAC da Telefônica, por exemplo, as multas eram de R$ 2,2 bilhões e acrescentamos mais R$ 2,7 bilhões de investimento, com um total de R$ 4,9 bilhões. E isso não depende de lei”, afirmou. O presidente participou de evento promovido pela Teletime.

 

Anterior PLC 79 não influi na recuperação judicial da Oi, afirma Schroeder
Próximos Oi espera votação de sua proposta aos credores no segundo trimestre do ano