Para Procon-SP, medida da Anatel contra Telefônica é adequada.


O diretor-executivo do Procon-SP, Roberto Pfeiffer considerou adequada a medida cautelar da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) contra a Telefônica. “A medida tem o condão de fazer com que a companhia cesse a comercialização do Speedy, se dedique a desenvolver um plano de qualidade e de manutenção do serviço e só permite a venda quando …

O diretor-executivo do Procon-SP, Roberto Pfeiffer considerou adequada a medida cautelar da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) contra a Telefônica. “A medida tem o condão de fazer com que a companhia cesse a comercialização do Speedy, se dedique a desenvolver um plano de qualidade e de manutenção do serviço e só permite a venda quando ela adequar a qualidade do serviço com sua atual base de clientes”, disse.

Na opinião de Pfeiffer, se a Telefônica, nos últimos episódios de falhas do serviço, revelou que não tem condições de atender sequer os que já são clientes, muito menos de agregar novos. “A continuação da venda só iria piorar os serviços dos atuais assinantes e dos novos”, disse.

Embora reconheça que pessoas que moram em localidades onde não há outra opção de acesso a banda larga podem ser prejudicadas, Pfeiffer acha que o sacrifício poderá resultar em efeitos benéficos. “A medida da Anatel vai obrigar a companhia a aperfeiçoar seus serviços antes de oferecer a novos clientes. Não adianta contratar o serviço e não receber”, disse.

Reclamações

Segundo o diretor-executivo do Procon-SP, o aumento de reclamações contra a Telefônica, outro ponto que pesou na decisão da Anatel, se deve mais à comercialização dos combos, venda combinada de serviços de telefonia fixa, banda larga e TV por assinatura.

Pelas críticas registradas na entidade, o sistema  de venda dos combos é confuso, onde o consumidor não sabe exatamente o que está comprando. “É preciso que a Telefônica apresente contratos claros para que os consumidores saibam o que estão comprando, e não é isso que está acontecendo”, disse Pfeiffer.  “Essa quarentena que a Anatel está impondo à companhia deve ser aproveitada também para melhorar o sistema de comercialização.

Anterior Oi faz amanhã oferta pelas ações da BrT
Próximos Telefônica vai suspender vendas do Speedy a partir da meia noite