Para Luiz Alexandre Garcia, da Algar, setor de telecom ainda não entrou na agenda do governo


Luiz Alexandre Garcia, presidente do Conselho de Administração do Grupo Algar, ganhou o título de “Homem das Comunicações 2019”, concedido pela Associação Brasileira das Empresas de Engenharia e Profissionais das Telecomunicações (Aberimest). A premiação ocorreu na noite desta segunda-feira, 19, em encontro promovido pela entidade com as principais lideranças do setor.

Indo além da sua atuação no Grupo Algar, Luiz Alexandre Garcia atualmente é membro do Conselho Estratégico da FIEMG e do CPQD e presidente do sistema representativo do setor das telecomunicações no Brasil (FEBRATEL, Sinditelebrasil, Telebrasil).

Na cerimônia de premiação, o executivo cobrou mudanças nas relações com governo e no ambiente regulatório. “Precisamos conseguir que o governo insira nosso setor em sua agenda estratégica. Precisamos de um ambiente regulatório e fiscal mais estável e favorável para o desenvolvimento de um país digital. Nós podemos e devemos ser os protagonistas desta revolução digital do país”, afirmou.

Garcia também lembrou a trajetória da Algar, operadora mineira que começou local e hoje tem abrangência nacional. “A Algar Telecom completou 65 anos. Somos a empresa de telecom mais longeva deste país, existimos desde antes da criação do sistema Telebrás. Sobrevivemos à estatização, incentivamos a privatização e hoje vivemos este mundo globalizado. Ficamos por muito tempo restritos à nossa área de concessão e, hoje, com a nossa estratégia de expansão, possuímos uma rede de fibra óptica de mais de 60 mil quilômetros, que vai do Rio Grande do Sul ao Ceará, e um cabo submarino que nos interliga a Boca Raton, nos EUA”, falou.

Anterior Relator da reforma tributária no Senado quer taxa para sites como o Mercado Livre
Próximos Consultoria do Senado defende alterações no PLC 79

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *