País chega a 7,9 milhões de assinantes de TV paga em março


O Brasil fechou o mês de março com 7,9 milhões de assinantes de TV por assinatura com a adição de 194.137 novos domicílios com o serviço no mês. O crescimento em relação ao mês de fevereiro é superior a 2%, quando contava com 7,7 milhões de usuários. O serviço prestado pela tecnologia cabo continua predominando …

O Brasil fechou o mês de março com 7,9 milhões de assinantes de TV por assinatura com a adição de 194.137 novos domicílios com o serviço no mês. O crescimento em relação ao mês de fevereiro é superior a 2%, quando contava com 7,7 milhões de usuários. O serviço prestado pela tecnologia cabo continua predominando em  56,3% dos domicílios ou 4,46 milhões de assinantes, mas continua perdendo força. No mês passado, o percentual ocupado pelas operadoras de cabo era 57,5% ou 4,43% dos contratos.

Já os assinantes da tecnologia DTH (satélite) representavam em março 38,9% do total de domicílios que contam com o serviço de TV paga, com 3,08 milhões de usuários. Em fevereiro, o número de assinantes de DTH era de 2,9 milhões, que representava 37,9% do mercado. O crescimento dessa tecnologia se dá porque as licenças de DTH são vendidas normalmente pela Anatel, enquanto as licitações de TV a cabo estão paradas desde 2000.

Os assinantes de MMDS (micro-ondas) caíram em março para 4,3%, com 347 mil contratos. Em fevereiro, os usuários dessa tecnologia eram 350 mil ou 4,6% do mercado. Os contratos de TVA (Serviço Especial de TV por Assinatura) ficaram em 23,8 mil em março, o que representa 0,3% do mercado. Recentemente, a Anatel renovou a licença das 25 empresas desse serviço, que estavam vencidas há anos.

Anterior Silvio Meira: "o celular vai conectar todo mundo à web".
Próximos Governo eleva subvenção do BNDES à inovação tecnológica